A CPLP E O PORTUGUÊS NA ONU

Docente universitário e especialista em Relações Internacionais.

Aquando da criação da Organização das Nações Unidas, em 1945, cinco línguas (inglês, francês, russo, chinês, espanhol) foram aceites como línguas oficiais da ONU. As três primeiras parecem ter sido eleitas como reconhecimento do poderio dos seus países (Estados Unidos e o Reino Unido, França, e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) e por que estas nações foram vencedoras da II Guerra Mundial.

Leia a opinião

POLIGAMIA DESTRÓI OS VALORES

Estudante do 2º ano de Sociologia, Universidade Lueje a Nkonde-Malanje

Em todas as sociedades, a família é apresentada e reconhecida como um grupo social, assente sobretudo, na noção segundo a qual a Família “é um grupo social caracterizado pela residência […]

Leia a opinião

O DIREITO A LIBERDADE RELIGIOSA

Licenciado em Direito Pela Universidade Católica de Angola, Bacharel em Filosofia pelo Seminario Maior de[…]

A primeira questão que se coloca em relação a esse tema – liberdade religiosa – é saber se num determinado Estado existe ou não existe a liberdade religiosa; respeita-se ou […]

Leia a opinião

ANGOLA E OS DESAFIOS DA REGIÃO DOS GRANDES LAGOS

Licenciado em Relações Internacionais pela Universidade Lusíada de Angola; Bacharel em Filosofia pelo Seminário Maior[…]

A região dos grandes lagos africanos é geograficamente o território do continente que alberga nove países, nomeadamente: Burundi, Malawi, Moçambique, Quénia, República Democrática do Congo, Ruanda, Tanzânia, Uganda e a […]

Leia a opinião